Exportações de agronegócio no ES cresceram 42% no segundo trimestre

Dados do Governo Federal apontam que, além da celulose, o café exportou US$ 482 milhões e a pimenta-do-reino, US$ 80 milhões

As exportações de agronegócios trouxeram resultados positivos recentemente para o Espírito Santo. De acordo com dados do Instituto Jones do Santos Neves, depois de dois trimestres seguidos de queda, o crescimento foi de mais de 40% de abril a junho deste ano, em comparação ao trimestre anterior. 

O setor que mais contribuiu para o crescimento das exportações foi o da celulose, representando quase 40% das vendas externas do Espírito Santo. O estado negociou US$ 920 milhões para o mercado externo em 2018 e a produção do produto foi líder nas exportações do agronegócio. 

As exportações de grãos de café e café solúvel também influenciaram o crescimento da exportações. Dados do Governo Federal apontam que, além da celulose, o café exportou US$ 482 milhões e a pimenta-do-reino, US$ 80 milhões, ficando o café em segundo e a pimenta em terceiro lugares no ranking de exportações do agronegócio capixaba em 2018.

Foto: Dayana Souza