16ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia recebe 5 mil visitantes

Aproximadamente 5 mil pessoas visitaram os dois dias de evento da 16ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia que aconteceu na última quarta-feira (24) e quinta-feira (25) no Centro Estadual de Educação Técnica (CEET) Vasco Coutinho, em Vila Velha. O evento faz parte do calendário anual do Governo do Estado e é realizado pela Secretara da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti).

A programação contou com a exposição de 112 projetos técnico-científicos, dez palestras e várias oficinas. Tudo aberto ao público. Beatriz da Silva Souza, de 21 anos, é Educadora Social e visitou o segundo dia do evento: “Estou achando tudo maravilhoso! Tem muita coisa bacana e interessante aqui e é até difícil definir qual projeto chama mais atenção. Eu achei muito interessante a “Smart Home”, que é a casa inteligente. Achei muito inovadora e acredito que deva ser o sonho de muitas pessoas. Chegar em casa e, por meio do Google, fazer um comando de voz e conseguir acender e apagar as luzes, ligar a pipoqueira… é muito interessante”, comentou a visitante.

Entre as palestras apresentadas na última sexta-feira (25), o Sebrae apresentou para o público “Como Iniciar uma Startup”. Edinir Pinheiro Fialho é servidora pública da área de pesquisa e foi uma das mais de 30 pessoas que participaram da palestra. A servidora gostou da iniciativa de debater o tema na 16ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia. “O tema foi bem oportuno por ser atual e teve uma boa participação. O debate atendeu ao que foi proposto e foi muito válido. Gostei da iniciativa”, contou.

Para encerrar a programação da 16ª Semana Estadual de C&T, a Secti, em parceria com as instituições de ensino e empresas participantes, sorteou para os estudantes que expuseram seus projetos um par de óculos de realidade virtual. Thiago da Silva Lima, de 26 anos, cursa Automação Industrial no CEET Talmo Luiz Silva, em João Neiva, e foi o sorteado.

“Eu nunca coloquei esses óculos de realidade virtual no rosto e também nunca ganhei nada, por isso estou muito feliz! Daqui a pouco já vou testar para ver se é isso tudo que as pessoas dizem mesmo (risos)”.

Thiago expôs no evento o projeto “Midefim” que é um secador rotativo para a secagem de minério que visa a minimizar os impactos causados pela umidade no processo de Desfosforação do Ferro Gusa Nodular. “Gostei de ter trazido meu projeto e acho que as pessoas que visitaram a exposição também gostaram. Valeu muito ter vindo”, afirmou o expositor.

A 16ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia trouxe debates, por meio dos projetos técnico-científicos, sobre o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”, definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por ter relação direta com ao menos dez dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) na Agenda 2030.

Para a secretária de Estado da Ciência e Tecnologia, Cristina Engel, a bioeconomia e o desenvolvimento sustentável são temas centrais para um Estado com grande biodiversidade como o Espírito Santo.

“O tema da bioeconomia é extremamente amplo e adequado à realidade de nosso Estado. Essa área da Ciência se fundamenta, principalmente, no conceito de sustentabilidade e o Espírito Santo tem um grande potencial de desenvolvimento alicerçado nessa ideia”, defendeu.

Texto: Samantha Nepomuceno