Pais de alunos mimosenses marcam manifestação contra municipalização

O grupo de pais e responsáveis pelos alunos afirma que o movimento iniciará às 18h da próxima terça (05) na praça central da cidade e depois seguirá para a Câmara Municipal de Vereadores, onde estará acontecendo a sessão ordinária.

O movimento que já tem o envolvimento de centenas de pais e responsáveis também é contra o fato de apenas o horário vespertino estar disponível no sistema da SEDU para alunos do quarto e quinto ano.

Os pais alegam também que as atividades extras como cursos de inglês e escolinhas de futebol só funcionam à tarde e isto seria prejudicial para o desenvolvimento e vida social das crianças.

“Nos opomos a municipalização do Pedro José Vieira nesse momento financeiramente caótico em que se encontra o município. Informação que foi confirmada pela Sra. Celeida, superintendente Regional de Educação de Cachoeiro. Somos também totalmente contra o oferecimento de vagas para os alunos do 3° ao 5° ano apenas no turno vespertino. Baseamos nossas reivindicações na constituição e no fato de termos o direito de exigirmos vez e voz e participarmos do processo de mudança da educação do nosso município, sem sermos surpreendidos”. Luciana Thompson

Profissionais e empresas que têm seus negócios voltados para o público infantil também aderiram ao movimento. Cursos de inglês, escolinhas de futebol, professoras particulares, karatê, entre outros, serão diretamente afetados por tal medida, já que não conseguirão receber todos os alunos da mesma faixa etária em um só horário.