Vigilância em saúde investiga 33 de intoxicação alimentar, após festa em Vargem Alta

Já sobe para 33 pessoas que deram entrada em unidades de saúde de Vargem Alta, após passarem mal depois de comerem alimentos durante a Terceira Edição do Festival do Palmito Pupunha, que aconteceu no último domingo (24), na localidade do Ayd, zona rural do município. 

Conforme a assessoria que administra o Pronto Atendimento Municipal Otacílio Geraldo do Carmo, sede, foram atendidas 20 pessoas, com sintomas de vômitos e diarreia, mas nenhum em estado grave. Os pacientes estão sendo atendidos e depois será feita a notificação ao serviço de vigilância epidemiológica do município.

Segundo a vigilância em saúde do município, a equipe acompanha 33 casos de suspeita de intoxicação alimentar. Além na unidade da Sede, os pacientes também deram entrada no Hospital Padre Olívio no último domingo (24), com sintomas de vômito e diarreia.

Em nota a prefeitura informou que todos os casos estão sendo investigados, “para que se possa determinar o possível agente etiológico e o veículo de transmissão, bem como, a confirmação se estes estão vinculados ao evento realizado na comunidade de Ayd”.

Uma das organizadoras do evento, a vereadora Leila Fabres, disse por telefone para TV que somente tem conhecimento de que sete pessoas, todas da comunidade, passaram mal depois de passarem pela festa e que todos estão tendo assistência da associação de moradores que realizou o evento. A vereadora disse ainda desconhecer que mais pessoas tenham passado mal.