Primeiro-ministro do Canadá diz ter ‘evidências’ de que Irã derrubou avião

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, acusou nesta quinta-feira, 9, o Irã de estar por trás da queda da aeronave ucraniana que vitimou 176 pessoas – 63 canadenses – na noite de quarta-feira 8, logo depois do ataque iraniano contra tropas americanas no Iraque.

“Temos informação de múltiplas fontes, incluídos nossos aliados e nossos serviços (que) indica que o avião foi derrubado por um míssil terra-ar iraniano. Pode ser que não tenha sido intencional”, afirmou o primeiro-ministro.

O anúncio de Trudeau se deu após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter dito que “alguém pode ter cometido um erro” no Irã. “(O avião) estava voando em uma vizinhança complicada. Eles (os iranianos) podem ter se enganado. Alguns dizem que pode ter sido uma falha técnica, mas, pessoalmente, eu não acredito que seja essa a questão”, disse o americano.