Diálogo PDT/PSB na Serra fortalece pré-candidatura de Vidigal

Representantes de Sérgio Vidigal e Bruno Lamas já estão com nova conversa agendada

A reabertura do diálogo entre o PDT e o PSB, em andamento no município da Serra, poderá resultar no favorecimento da pré-candidatura a prefeito do deputado federal Sérgio Vidigal, que comanda o PDT no Estado, segundo lideranças políticas. Com esse quadro, é sinalizada uma fragilidade nos movimentos do deputado estadual licenciado Bruno Lamas, secretário de Estado do Trabalho, nome do PSB anunciado para concorrer nas eleições de outubro desse ano. 

Nesta semana, lideranças dos dois partidos, sem a presença dos candidatos já anunciados, estiveram reunidas para debater questões relacionadas à gestão pública, visando retomar o diálogo interrompido com a eleição em 2012 do atual prefeito, Audífax Barcelos, hoje na Rede e rompido com Vidigal. Um novo encontro, ainda sem data, ficou acertado. 

No entendimento de lideranças políticas, a posição alcançada por Sérgio Vidigal em levantamentos realizados para medir a densidade eleitoral, para consumo interno, deixa Bruno Lamas em situação desconfortável, em patamar abaixo do esperado. 

Nesse cenário, ele trabalha para ter o apoio de Audifax, que tem como vice Márcia Lamas, sua mãe, e, ao mesmo tempo, do governador Renato Casagrande, a maior liderança do PSB no Espírito Santo. 

Os esforços de Bruno Lamas, até então, não obtiveram ganhos. Casagrande ainda não se pronunciou e essa postura leva ao questionamento se ele vai querer dois aliados divididos, o que sinaliza o fortalecimento de uma candidatura, no caso a de Vidigal, considerando o nível de aceitação já  identificado. Já para a outra candidatura, a de Bruno, poderia formar na mesma chapa indicando o vice. 

Essa alternativa circula nos bastidores políticos e considera, também, a impossibilidade de um apoio do prefeito Audidax, que já circula com o deputado estadual Lorenzo Pazolini (sem partido), sinalizando uma aliança entre os dois, que poderá desaguar no fechamento de uma pré-candidatura. 

O eleitor da Serra, maior colégio eleitoral do Espírito Santo, terá ainda os deputados Vandinho Leite (PSDB), Dr. Gustavo (SDD), Cabo Porto (que deve sair do PSB). Também Alexandre Xambinho, hoje na Rede e anunciado em 2019 como pré-candidato do Republicanos, mas ainda sem confirmação.