Governo do ES restringe acesso aos bancos, decide fechar parques e proíbe entrada de idosos na Ceasa

O Governo do Estado vai publicar, nesta sexta-feira (19), um decreto restringindo o acesso às agências bancárias do Espírito Santo, para evitar a proliferação do Coronavírus nas dependências desses locais. De acordo com o governador Renato Casagrande, que anunciou a medida durante uma coletiva de imprensa pela internet, na noite desta quinta-feira (19), só poderão ter acesso a esses espaços pessoas que têm direito de receber algum recurso em decorrência dos prejuízos causados pelo Coronavírus.

“As agências estarão com as portas fechadas, mas com atendimento. Os servidores estarão dentro das agências. E se alguém tiver alguma necessidade, vai bater na porta, a pessoa vai atender, vai verificar se é necessário entrar na agência. Se for necessário, a pessoa entra, mas se não for, a pessoa vai procurar um terminal ou outro local que preste serviço do nosso dia a dia. Muita gente também usa o computador e o celular para acessar os serviços dos bancos”, destacou o governador.

Casagrande frisou, no entanto, que a área reservada para os caixas eletrônicos continuará aberta ao público, nos horários estabelecidos por cada banco.

Com relação ao possível fechamento de igrejas e supermercados, o governador informou que se reunirá, nesta sexta-feira (20), com lideranças evangélicas do estado e com representantes da Associação Capixaba de Supermercados (Acaps) para discutir a questão.

Parques estaduais

Outra medida anunciada pelo governador é o fechamento dos parques estaduais, como o de Pedra Azul e Paulo Cesar Vinha. A orientação, segundo ele, é que os municípios adotem a mesma postura, para evitar a aglomeração de pessoas.

“Estamos chegando ao final de semana e ainda tem pessoas que não compreenderam totalmente a necessidade do isolamento. Estamos fechando os parques, até porque está tendo demanda de pessoas para visitar nossos parques”, ressaltou.

Casagrande aproveitou também para fazer um apelo à população para que evite também de ir às praias. “No final de semana passado, as praias estavam lotadas. Nós hoje tivemos mais dois casos de coronavírus identificados, um com transmissão de fora, da Itália, outro com transmissão local. Então o estado ainda não tem transmissão comunitária identificada. Para nós é muito importante que a gente contenha a mobilização das pessoas”, afirmou.

Cesan

O governador também anunciou que não será cobrada a tarifa de água referente aos meses de março e abril das famílias inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal, o CadÚnico. Ao todo, 25 mil famílias ou 100 mil pessoas serão beneficiadas com essa medida. 

“A Cesan está abrindo mão, neste momento, de um faturamento de R$ 1 milhão por mês, mas é um investimento importante na hora que as pessoas estão também tendo muitas dificuldades”, ponderou Casagrande.

Já os cidadão que estiverem inadimplentes, independentes da classe social, não terão seu fornecimento de água cortado nos próximos 30 dias. No entanto, essas pessoas não estão livres da dívida.

“Isso não significa que a Cesan está abrindo mão de quem está fora do cadastro único da tarifa social. A Cesan não cortará a água, mas cobrará a conta, afirmou o governador. 

“Não vamos cortar a água, porque é um produto que está sendo muito utilizado, ainda mais agora com a higienização do corpo, das mãos. Por causa da importância da água no combate ao vírus. Mas queremos reforçar a importância das pessoas quitarem os débitos com a Cesan, para que a gente possa continuar prestando um serviço adequado à sociedade capixaba”, completou. 

Ceasa

O governo estadual também determinou a proibição da entrada de pessoas enquadradas no grupo de risco para o Coronavírus — indivíduos com mais de 60 anos de idade ou que tenham alguma doença crônica — nas dependências das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa), localizada em Cariacica. 

Segundo Casagrande, a proibição vale tanto para as pessoas que vão ao local vender quanto para comprar produtos. “Na Ceasa, há um fluxo de pessoas de muitos locais do estado e do Brasil. É uma decisão para que a gente possa diminuir o risco”, explicou.

Outras decisões

Esse é mais um conjunto de decisões do pacote que está sendo anunciado diariamente pelo Executivo para conter o avanço do coronavírus em território capixaba.

O Estado já havia informado, anteriormente, o fechamento das academias, a suspensão das consultas e cirurgias eletivas, o interrupção das aulas e férias antecipadas dos servidores, entre outras medidas.

Nesta quinta, o governador anunciou, ainda, que o Governo do Estado criou um site concentrando todas as informações sobre o Coronavírus. O endereço é www.coronavirus.es.gov.br.