Quarentena: saiba quais alimentos não podem faltar em casa!

Muitas famílias foram pegas de surpresa ao ter que ficar em quarentena. Além disso, alguns estabelecimentos estão ficado com as prateleiras vazias, o tem deixado a população aflita e preocupada em estocar alimentos, mesmo com a declaração de governadores e prefeitos ressaltando que não há necessidade.

Especialistas do Portal R7 deram dicas sobre o que comprar e a quantidade necessária para o período de duas semanas, que é o prazo de isolamento para uma pessoa infectada.

A nutricionista Adriana Stavro listou alimentos da cesta básica considerados essenciais para uma família com quatro pessoas. A primeira atitude a tomar antes de ir ao supermercado é fazer uma lista com tudo o que já tem no armário e na geladeira para saber exatamente o que está faltando.

“Ao fazer a lista, também verifique a validade de todos os produtos que estão no armário e na geladeira. Arroz e óleo costumam sobrar de um mês para o outro, por exemplo. Com a lista em mãos, dá para fazer uma compra sem exageros.”

Confira a lista da nutricionista:

No armário:

⦁ 5 kg de arroz

⦁ 3 kg de feijão

⦁ 1 kg de grão de bico ou lentilha (se quiser variar o tipo de grão no período)

⦁ 1 lata de óleo

⦁ 1 lata de azeite

⦁ 2 pacotes de macarrão

⦁ 1 lata de molho de tomate

⦁ Leite (pode ser duas ou três latas de leite em pó)

⦁ 1 kg de pó de café

⦁ Para variar no café da manhã: pão de forma, farinha de tapioca, um pacote de aveia e um pacote de granola.

Na geladeira

Segundo Adriana, os queijos, iogurtes, leites e os lácteos, normalmente, têm validade para duas semanas e podem ajudar nesse período.

No freezer

Carnes e legumes congelados.

No hortifruti

Na questão das frutas, a nutricionista recomenda a compra de todas as frutas ricas em vitamina C para superar esta fase. Segundo a especialista, essas frutas chegam a durar uma semana ou mais. Outra opção é comprar polpa congelada.

-Abacaxi

– Laranja

– Limão

– Maracujá

Adriana afirma que as frutas vermelhas são ótimas fontes de vitamina, mas não têm muita durabilidade. Na geladeira elas mantém a qualidade e o sabor por até dois dias.

Outras opções também são maçã e pêra.

Para Adriana, não é preciso comprar produtos para mais do que duas semanas 

Entre os legumes, estão:

⦁ Batata

⦁ Cenoura

⦁ Abóbora.

As folhas – couve, espinafre, repolho, escarola etc – também são fontes de vitaminas e ferro, mas devem ser consumidas logo nos primeiros dias que foram compradas. Outra opção é comprar esses itens congelados.

“A alimentação é apenas um dos itens para nos manter saudáveis nesse período, mas não podemos esquecer que uma boa noite de sono e evitar o estresses também são essenciais. Torne a refeição um momento em família onde todos participam”, comenta a nutricionista

Com informações do Portal R7!