Cachoeiro define hoje (03) se lojas reabrem ou não

Desde 21 de março, apenas estabelecimentos considerados essenciais podem funcionar plenamente em Cachoeiro. Foi quando começaram a vigorar, simultaneamente, um decreto estadual e outro municipal, com regras para reduzir a circulação de pessoas, com foco na contenção do novo coronavírus.

No próximo sábado (4), o prazo estabelecido pelo governador Renato Casagrande chega ao fim. Na véspera, o prefeito Victor Coelho e representantes de CDL, Acisci e Provarejo, entidades que congregam comerciantes, se reúnem para tratar do decreto municipal, que, a princípio, se estende até segunda-feira (6), o que permitiria a retomada da atividade comercial plena no dia seguinte.

De acordo com secretário de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovanelli, o principal ponto em análise será a propagação do vírus na região, podendo, após avaliação, ser editado novo decreto, relaxando as restrições ou as estendendo por mais tempo.

O município, que chegou a ter 37 notificações sobre Covid-19,  hoje tem 12 casos suspeitos. Outros 24 foram descartados. Um foi confirmado, mas o paciente já se recuperou.