ES é o Estado mais lento no avanço do coronavírus em todo país

O resultado é reflexo das medidas cruzadas tomadas no momento exato.

Especialistas afirmam que o Espírito Santo apresenta avanço mais lento justamente pela forma como reagiu antecipadamente, tomando medidas severas.

Além do fechamento do comércio, suspensão das aulas e ampliação das estruturas de atendimento na saúde pública, o governo tem conduzido com muita habilidade todas as ações, dando ampla divulgação aos atos e mantendo um canal direto de comunicação com os capixabas através de transmissões ao vivo capitaneadas pelo próprio Governador Renato Casagrande.

Com equipes instaladas no aeroporto de Vitória e nas divisas com outros Estados, o Governo dificulta a entrada de pessoas que possam apresentar sintomas ligados ao coronavírus sem que sejam encaminhadas para triagem e isolamento, caso a suspeita seja confirmada.

O Espírito Santo tem 300 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até esta quinta-feira (09). Dos casos confirmados, 41 pacientes já estão curados, 202 estão em isolamento residencial e 50 estão internados, sendo 33 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Sete óbitos foram confirmados e três seguem em investigação.

O Estado já registra casos de transmissão comunitária da doença, ou seja, quando não há como identificar a origem da contaminação.