Hospitalizações por coronavírus caem em Nova York

O governador de Nova York disse que 17.735 pessoas estão hospitalizadas e 606 pessoas morreram por coronavírus na quarta-feira

O número de pessoas hospitalizadas com o novo coronavírus e mortes relacionadas atingiram seus menores níveis em mais de uma semana em Nova York, reforçando os indícios de que o Estado norte-americano mais atingido está controlando sua disseminação, disse o governador Andrew Cuomo nesta quinta-feira.

Cuomo também renovou um decreto de fechamento de comércio e escolas por duas semanas, ou ao menos até 15 de maio, em coordenação com outros Estados da região, e acrescentou detalhes de pedidos de máscaras, dizendo que os nova-iorquinos devem usá-las em ônibus, táxis e trens.

O governador, que se tornou uma voz de destaque nacional durante a pandemia, disse que a melhoria de métricas essenciais reflete os esforços de distanciamento social, que baixaram a taxa estadual de infecções o suficiente para controlar o surto.

O governador disse que um total de 17.735 pessoas estão hospitalizadas em Nova York por causa da Covid-19, a doença respiratória causada pelo vírus – menos do que as 18.335 de um dia antes e a menor cifra desde 6 de abril.

Um total de 606 pessoas morreram do vírus na quarta-feira, disse Cuomo, também o menor número em mais de uma semana.

“Ainda continua em uma taxa muito, muito trágica”, disse ele, acrescentando que o número de mortes incluiu 29 moradores de casas de repouso, que ele classificou como “marco zero” na luta contra o vírus.