Casagrande afirma que maio e junho serão meses ‘de maior dificuldade’ no Espírito Santo

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, fez um novo pronunciamento na noite desta terça-feira (12), para atualizar as medidas de combate ao novo coronavírus. 

Casagrande começou a transmissão parabenizando profissionais pelo Dia da Enfermagem e, em seguida, destacou o investimento de leitos de UTI e reforçou a necessidade do isolamento social. 

“Ter leitos é garantia de dignidade às pessoas. Estamos fazendo um investimento forte em leitos para que a gente possa atender as pessoas, mas o leito será insuficiente se a gente não ampliar o isolamento social. Ele dá velocidade ao contágio e a velocidade promove uma demanda forte por leito hospitalar”, afirmou. 

“A gente pode ir buscando alternativas, vocês podem também sugerir alternativas, denunciar no 190, as prefeituras têm os telefones também de denúncias. O trabalho dos municípios é muito importante, o prefeito municipal, os vereadores, as lideranças, o cidadão… Os municípios têm um papel fundamental no controle da pandemia. Nós não podemos trabalhar separadamente, por isso que a gente tem feito reuniões com os prefeitos para que a gente trabalhe junto, produza um resultado para a sociedade capixaba e possamos passar por esse momento, de maior dificuldade, maio e junho, de maior incidência do vírus no Espírito Santo”, concluiu Casagrande.