2º dia de provas do Enem tem abstenção recorde de 55,3%

O presidente do Inep, Alexandre Lopes,participa da entrevista coletiva sobre o segundo dia de provas do Enem

A taxa de abstenção do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) atingiu 55,3% no 2º dia de provas. É o maior número de toda a história do exame. Dos mais de 5,5 milhões de inscritos, só 2.470.396 fizeram a prova.

No 1º dia, a abstenção foi de 51,5%.

O presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Alexandre Lopes, admitiu que a taxa de abstenção de 55,3% foi superior ao esperado pelo órgão.

“Foi mais do que a gente estava esperando, mas eu gosto de olhar o copo meio cheio, 2,5 milhões de pessoas conseguiram fazer o ENEM nesse ambiente de pandemia. Outros países não fizeram”, declarou.

Os candidatos que foram barrados na entrada e não conseguiram fazer a prova em um dos dois dias podem pedir a reaplicação do Enem a partir das 12h desta 2ª feira (25.jan.2021). O prazo vai até 6ª feira (29.jan.2021). Também podem solicitar a reaplicação aqueles que tiveram resultado de exame positivo para covid-19.