Casagrande critica manifestação em frente a casa de sua mãe

Manifestantes hostilizaram a idosa e questionaram as medidas de combate ao novo coronavírus adotadas no Espírito Santo

O Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, publicou nas redes sociais um vídeo, em que criticou uma manifestação realizada na frente da casa de sua mãe, na tarde deste domingo (14), em Vitória. 

Segundo Casagrande, os manifestantes  foram agressivos e hostis. De acordo com o governador, a mãe dele tem 88 anos e enfrenta problemas de saúde.

Casagrande reforçou que a atitude de se manifestar contra as medidas tomadas pelo governo para conter a covid-19 são legítimas, mas que é necessário ter respeito à vida.

A manifestação havia começado, horas antes, em frente a casa do governador, em Vitória. Casagrande deixou o local pouco tempo depois. Ao receberem a informação de que o governador estava na casa de sua mãe, o grupo foi atrás dele e, já em frente a casa da idosa, a hostilizou. 

Vídeos que circulam nas redes sociais, e que o Jornal Online Folha Vitória teve acesso, mostram a manifestação em frente a casa do governador e, também, na porta da casa da mãe dele. Nas imagens, é possível observar o momento em que um carro de som se aproxima da residência. 

Manifestação

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 200 veículos acompanhados de um trio elétrico saíram da Prainha, em Vila Velha, circularam pelas principais ruas do município e, em seguida, atravessaram a Terceira Ponte com destino a Praça do Papa, em Vitória, onde outro grupo de aproximadamente 500 manifestantes estava. Viaturas da PM e da Guarda Municipal acompanharam o protesto.